Segurança da Informação: conheça a sua importância e saiba como garantir a sua

O contexto de avanço tecnológico extremamente rápido e avançado levou a humanidade até a chamada Era da Informação que é vivida hoje. Essa é caracterizada pelo grande volume de dados gerados e consumidos no mundo todo diariamente.

Atualmente, não só o volume que se gera de dados é muito maior que o de alguns anos atrás, mas a velocidade com que se consome essas informações também é bem mais rápida, quase que instantânea.

Com poucos cliques, é possível ter acesso a infinitos dados de diversas fontes com o uso das novas tecnologias e da internet, que foi alavanca decisiva para a criação do contexto que se tem hoje no que se diz respeito à gestão da informação.

Esse cenário oferece uma gama de benefícios para pessoas e organizações, vantagens que tornam o cotidiano muito mais fácil e prático do que em épocas passadas, permitindo que sejam realizados feitos nunca imaginados.

Por outro lado, essa realidade também oferece muitos riscos a todas as partes: seja para quem gera as informações, para quem as armazena ou para quem as recebe.

É aqui que entra o conceito de segurança da informação, um assunto se tornou uma importante pauta entre gestores de empresas nos últimos tempos, pois pode colocar toda uma organização em risco, se tornando um tópico que merece muita atenção.

O que é segurança da informação?

A segurança da informação é conhecida como o conjunto de práticas que visa proteger os dados produzidos e armazenados por uma empresa ou instituição, sejam essas informações armazenadas em nuvem, arquivos físicos, computadores, etc.

Essas estruturas e processos buscam evitar ou pelo menos minimizar riscos que possam se tornar ameaças para a empresa e seus dados, sendo assim, consequentemente riscos para todo o negócio daquela organização. 

Para entender melhor esse conceito, existem pilares bem conhecidos da segurança da informação e que ajudam a compreender de forma mais clara o que está englobado nesse assunto.

É possível encontrar algumas definições diferentes sobre quais e quantos são esses pilares, mas os principais e mais aceitos são esses três:

Confidencialidade

Um dos riscos mais comuns que podem acontecer na segurança da informação é o vazamento de dados para pessoas ou entidades que não deveriam ter acesso a tais dados. Assim, o pilar de confidencialidade vem como resposta a esse risco.

Desse modo, a confidencialidade garante que somente os que possuem autorização para ver certa informação consigam acessá-la. Quanto mais sensível um dado, é provável que menos pessoas possam ter acesso a ele. 

Integridade

A integridade diz respeito à garantia que se tem de que aquela informação não foi alterada, perdida, corrompida ou prejudicada. No lugar disso, se assegura que esse dado foi preservado ou, pelo menos, se tem o histórico de atualizações e alterações.

Esse pilar dá segurança para quem cria o dado de quem irá recebê-lo terá exatamente a mesma informação de quem o gerou. Do mesmo jeito, quem recebe o dado confia que aquela informação foi exatamente a que o criador gerou.

Disponibilidade

Se por um lado as informações devem estar protegidas de quem não deve ter acessos a elas, por outro precisam ser de fácil acesso para quem precisa com autorização de acessá-las.

O pilar de disponibilidade é o que representa o conceito de informação certa, na hora certa para a pessoa certa. Esse pilar preza pelo propósito dos dados, que é que seja usado para gerar informação e conhecimento.

yjh11eedvC7szch3q7CSthqBKExt1FHo_NBqsNYrKmkOcc6N2uPdUDEi7mpILsxO_i1u9G6MG3n1mZD3EoWdCzbxfjM8VYMYIs5-3hLhzh4EDBTj6Ng21KYV87_16qbB7HcPrRgJDuFxriUS1w %categoria Segurança da Informação: conheça a sua importância e saiba como garantir a sua

Qual a importância da segurança da informação?

No momento de mercado que se vive hoje, é possível dizer que informação é poder. Logo, proteger a gestão da informação é um dos principais focos que as empresas devem ter atualmente.

Isso será determinante para se conseguir manter a confidencialidade, integridade, conformidade e disponibilidade dos dados da organização, minimizando riscos que podem ocorrer com esses dados.

Assim, todo esse cuidado com a segurança da informação é de extrema importância, pois previne que o negócio sofra prejuízos de impacto significativo no tocante ao uso e vazamento de dados.

Como garantir a segurança da informação?

Entenda a realidade do cenário em questão

Antes de tudo, é indispensável que se busque estudar a realidade da instituição, quais são as estruturas existentes, com quais dados se trabalha, quem tem acesso às informações, qual o volume de dados em questão, etc.

Assim, é possível diagnosticar as necessidades da empresa, quais os riscos que podem ocorrer e que pontos precisam de mais atenção.

Desenha uma estrutura de segurança de informação própria para a organização

Com o entendimento do que precisa ser feito, será possível criar políticas, ações e objetivos acerca de segurança de informação para a empresa.

Uma política sólida e que contemple bem as necessidades da organização precisa ser formulada de maneira que possa reger o comportamento organizacional sobre o aspecto da segurança e gestão da informação. 

A política deve ser o guia empresarial contra os riscos de dados e em prol da segurança da informação, ela pode propor adoção de novos processos, sistemas, rotinas, etc. 

Para que as melhorias aconteçam, pode ser necessário a criação de projetos de implementação alinhados a objetivos estratégicos, os quais irão nortear a empresa em direção do cenário que se deseja na segurança da informação da organização.

Aproveite a tecnologia disponível 

Como já falado, ações que visem aumentar a segurança de informação de uma empresa podem estar alinhadas com a implementação de novas tecnologias ou o melhor aproveitamento das que já são usadas na organização.

Atualmente, existem diversos dispositivos e sistemas que podem ser usados em prol da segurança da informação, como também alguns que foram criados só para essa finalidade. Por isso, ter essas bases tecnológicas como aliadas no processo é muito benéfico.

c4sGDpOL-JZN8bPLcsdUtgQ-Yt5wfg1j1JURcG3_jrK2JRLMkV-TluvtmNYr0pnuvOC5fBx7QYE_0MnOMotn9WzJ58qjMg4P1cY0h5BZ1EJS6O3lWgTtEdFbl3Wr1WiuZGGOdHsm62aSHi7PPg %categoria Segurança da Informação: conheça a sua importância e saiba como garantir a sua

Invista na implementação das novas práticas

Com toda a estrutura montada, é preciso realizar a implementação disso tudo, o que pode ser complexo e demorado, mas que no final deve deixar a empresa funcionando como o planejado.

Os treinamentos e informes são de extrema importância nessa etapa porque os colaboradores precisam entender as mudanças que irão ocorrer, quais novos processos vão passar a acontecer, quais políticas entrarão em vigor e outras novidades pertinentes.

Muitas organizações optam por fazer essa implementação por fases, priorizando setores, processos, produtos, etc. Isso pode tornar todo o projeto de implementação mais lento, mas organizado, é importante avaliar qual método é o mais interessante.

Crie uma rotina de acompanhamento da nova estrutura

A partir do momento que se inicia a implementação das práticas que irão visar garantir a segurança da informação, é indispensável controlar e monitorar essas mudanças, a adaptação da empresa a elas e os resultados obtidos.

Por ser algo complexo e envolve muitos elementos da organização, é possível que seja necessário realizar atualizações e ajustes ao longo do tempo, por isso é sempre muito importante estar continuamente preparado para isso.

Conclusão

A segurança da informação é um assunto que se torna cada vez mais necessário de estar presente na gestão empresarial pois se tornou fator determinante para a proteção dos dados das organizações.

Com os padrões bem determinados aliados a uma estrutura tecnológica ideal, é possível proteger os dados empresariais e evitar os riscos tão temidos pelos gestores.

Quer saber mais sobre o assunto? Fale conosco!

Se Interessou?

Entre em contato agora com um dos nossos especialistas!